CURSOS

 

Durante a formação de Comandos, cada um é posto à prova e é colocado diante de seus pontos mais fracos. Superá-los ou sucumbir diante deles, essas são as opções. Muitos sucumbem. Os que superam se transformam em novos homens, com novos horizontes. Descobrem que seus limites vão muito além do que imaginavam e de que são capazes de coisas que nem sonhavam.

 

CURSO DE COMANDOS

O curso tem duração de 16 semanas, os alunos são instruídos a operar em todas as regiões do território nacional: selva, caatinga, montanha etc. O curso abrange diversos tipos de instruções, como Primeiros Socorros, Montanhismo, Armamento, Operações na Selva e Técnicas Especiais. As atividades do curso visam principalmente, a despertar a agressividade do homem, tornando-o uma arma eficaz. As dificuldades são constantes e durante todo o curso o aluno é exigido ao extremo.  Ao final do curso, o militar está apto a realizar ações de Comandos. Para realizar o curso de ações de comandos, oficias e sargentos devem solicitar a sua matrícula através de requerimento. Para soldados é necessário ter passado pelo serviço militar inicial e ser voluntário para o processo de seleção. Todos passarão por testes físicos,médicos e intelectuais e, após aprovados, estarão matriculados. Os aprovados no curso, e ainda que não sejam pára-quedistas são submetidos a mais seis semanas no Curso Básico Pára-quedista para, só então, iniciar o Curso de Forças Especiais. 

 

 

 

CURSO DE FORÇAS ESPECIAIS

Os chamados “Forças Especiais”  são altamente especializado. Realizado, após o Curso de Comandos, o Curso de Forças Especiais habilita o militar a realizar Operações de Forças Especiais, que abrangem uma grande variedade de missõe s, onde há o emprego de formas de combate não convencionais.  O risco de cada missão é sempre muito alto e o FE tem que estar em condições de avaliar e decidir por si só, já que nem sempre terá comunicações com um escalão superior. Durante o curso, são realizadas diversas operações que visam desenvolver capacidade de observação e análise e o uso dessa capacidade em situações adversas. As instruções mas técnicas criam um condicionamento mental, visando o aumento de percepção,flexibilidade e velocidade de raciocínio.   O curso tem duração de 25 semanas e suas instruções vão desde operações de inteligência e psicológicas até treinamento paramédico e meteorologia. Como no Comandos, o CFE também é desenvolvido em todo o território nacional, e as dificuldades encontradas também são iguais, porém num nível mais técnico. O FE está apto para fazer partes da Companhias de Forças Especiais, constituindo DOFEsp, organizados para o cumprimento das inúmeras missões de Forças Especiais. É necessário ser Comandos e Pára-quedista, para fazer o curso e também solicitá-lo por meio de requerimento. 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: